PODER LEGISLATIVO DO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA

Câmara de Vereadores de Santa Maria - RS

Santa Maria, quarta-feira, 17 de julho de 2024

Sessão Plenária Ordinária e Extraordinária, 24 de outubro de 2023


  • 24/10/2023
  • 615 visualizações
  • Sessão Ordinária
  • Criado por: Camila Porto Nascimento em 24/10/2023
Compartilhe:

Na Sessão Plenária Ordinária desta terça-feira (24), os vereadores aprovaram o envio de duas moções. Em Sessão Extraordinária, os parlamentares acataram projeto de lei que prevê a contratação emergencial de 518 professores pelo Executivo Municipal. A Sessão Ordinária foi suspensa para a entrega da Comenda Santos Dumont e retomada após a conclusão da solenidade. 

MOÇÕES APROVADAS:

- de autoria do vereador Getúlio de Vargas, solicitando o envio de Moção de Apoio à destinação do prédio para instalação da Central de Polícia Civil de Santa Maria. Na justificativa, o vereador destacou a economia aos cofres públicos, comunicação efetiva entre os órgãos de segurança da cidade, fluidez no fluxo das ocorrências, atendimento centralizado para a comunidade em diversos serviços, espaço para o alojamento de policiais e disponibilidade das viaturas concentradas no mesmo local são alguns exemplos de como a Central de Polícia irá atuar em favor da sociedade santa-mariense. O autor da moção registrou que a localização estratégica do prédio já cedido pelo DAER é um diferencial. Em votação nominal, aprovada por unanimidade dos vereadores presentes.

- de autoria da vereadora Roberta Leitão, solicitando o envio de Moção de Repúdio ao Hamas, grupo extremista islâmico armado que atua em Territórios Palestinos, na Faixa de Gaza e na Cisjordânia, pelos cruéis ataques a Israel. Na justificativa, a vereadora enfatizou que a Câmara de Vereadores não pode se omitir de manifestar repúdio aos ataques do Hamas, que tem ceifado a vida de milhares de vidas.  Em votação nominal, a moção foi aprovada por 16 votos favoráveis e quatro contrários (vereadores Helen Cabral, Marina Callegaro, Valdir Oliveira e Werner Rempel). O vereador Paulo Ricardo Pedroso com justificativa de ausência.

PROJETO EM PRIMEIRA DISCUSSÃO:

Projeto de Lei n º 9673, de autoria do vereador João Ricardo Vargas, que denomina as ruas “2”, “3”, “5”, “7”, “8”, “10”, “11”, “12”, “13” e “14” do Loteamento Galápagos do bairro Camobi.

PROJETOS RETIRADOS: 

- A pedido da autora, vereadora Marina Callegaro, o Projeto de lei nº 9540, que estava na Ordem do Dia, foi retirado da pauta. A matéria, de autoria conjunta com as vereadoras Luci Duartes e Helen Cabral, cria o “Protocolo Não é Não” de atendimento à mulher vítima de violência sexual ou assédio em estabelecimentos noturnos, eventos festivos, bares, restaurantes, pubs, escolas e universidades, órgãos públicos, espaços públicos ou qualquer outro estabelecimento de circulação de pessoas no âmbito da cidade de Santa Maria. A solicitação de retirada por parte da parlamentar deve-se a tramitação de Emenda Modificativa nº 3/2023 , de autoria dela e do vereador Pablo Pacheco. 

- Projeto de lei nº 9651, que altera o § 2º do art. 55 da Lei Municipal nº 4745, de 5 de janeiro de 2004, que dispõe sobre o plano de carreira dos servidores públicos municipais e dá outras providências. Autoria: Poder Executivo. O projeto atualiza a forma de complementação salarial para os servidores que  percebam  uma remuneração  inferior  ao salário  mínimo,  no âmbito do Município de Santa Maria. A matéria recebeu a Emenda Aditiva nº 1/2023, de autoria do vereador Alexandre Pinzon Vargas e, dessa forma, retomou para a Secretaria Legislativa. 

PROJETO INCLUÍDO: A pedido do líder do Governo, vereador Alexandre Vargas, foi incluído na Ordem do Dia o Projeto de Lei Nº 9685/2023. O requerimento para a entrada da pauta foi aprovado por 16 votos favoráveis e 3 contrários (Helen Cabral, Marina Callegaro e Valdir Oliveira). 

A matéria, de autoria do Executivo, autoriza o Poder Executivo Municipal a contratar, emergencialmente, profissionais para atuação na Secretaria da Educação. O vereador Pablo Pacheco encaminhou Emenda Aditiva a esse projeto, a qual visa estabelecer um prazo, até dia 31 de dezembro de 2024, para a efetivação das vagas temporárias. 

A matéria e a emenda passaram em primeira discussão e foram aprovadas em Sessão Extraordinária. 

SESSÃO EXTRAORDINÁRIA: Em Sessão Extraordinária realizada exclusivamente para apreciação do projeto que prevê a contratação emergencial de 518 professores para trabalhar no município, os vereadores aprovaram, por unanimidade, o Projeto de Lei Nº 9685/2023.  A Emenda Aditiva, de autoria do vereador Pablo Pacheco, também foi aprovada. 

Texto: Clarissa Lovatto e Camila Porto
Fotos: Isadora Pillar


Dúvidas, reclamação ou sugestão?

Entre em contato!
Ajude a Melhorar Nossos Serviços Ajude a Melhorar Nossos Serviços