PODER LEGISLATIVO DO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA

Câmara de Vereadores de Santa Maria - RS

Santa Maria, quarta-feira, 24 de julho de 2024

Sessão Plenária Ordinária: 30 de novembro de 2023


  • 01/12/2023
  • 383 visualizações
  • Sessão Ordinária
  • Criado por: Mateus Azevedo em 01/12/2023
Compartilhe:

Na Sessão Plenária Ordinária desta quinta-feira (30), no Plenário Coronel Valença, o Poder Legislativo aprovou cinco projetos e duas emendas, entre outras matérias. Na oportunidade, houve Expediente Nobre e Tribuna Livre. Confira:

MATÉRIAS APROVADAS

PROJETO DE LEI Nº 9710/2023 - Altera o artigo 2º da Lei nº 6523, de 30 de dezembro de 2020, alterado pela Lei nº 6587, de 10 de dezembro de 2021 e pela Lei nº 6712, de 22 de dezembro de 2022. Autoria: Poder Executivo.

PROJETO DE LEI Nº 9706/2023 - Autoriza a concessão de subsídio tarifário ao Transporte Público Coletivo Urbano de Passageiros no Município de Santa Maria. Autoria: Poder Executivo. A matéria, que prevê subsídio de R$ 10,5 milhões, teve duas emendas. E por decisão do plenário, a matéria e as emendas foram discutidas em bloco (EMENDA ADITIVA Nº 1/2023 AO PROJETO DE LEI Nº 9706/2023 - Acrescenta o § 1º ao art. 4º do Projeto de Lei Ordinária nº 9706/2023. Autoria: Werner Rempel e EMENDA ADITIVA Nº 2/2023 AO PROJETO DE LEI Nº 9706/2023 - Acrescenta o § 2º ao art. 4º do Projeto de Lei Ordinária n. 9706/2023. Autoria: Werner Rempel). O proponente das duas emendas defendeu a aprovação das matérias do projeto e das emendas. O edil disse que, durante a pandemia de Covid-19, houve uma redução de linhas. E que, após a pandemia, não houve a reposição destas linhas. Para isso, o vereador defendeu no texto legal de uma das emendas três exigências: plano de recuperação das linhas; plano de ampliação de linhas não atendidas e plano de recuperação dos abrigos de ônibus. “Tem que apresentar um plano. Tem que mostrar que tem vontade política de resolver essa questão”. A outra emenda define que o relatório divulgado sobre o Sistema de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros apresente o número de usuários beneficiados com as gratuidades. Disse que é muito importante saber o impacto das gratuidades no sistema. “E essas informações nós precisamos”.

A vereadora Helen Cabral relatou que as reclamações sobre serviços públicos variam de uma região da cidade para outra, “mas tem uma que é unanimidade sempre: as linhas de ônibus que não retornaram depois da  pandemia. Os horários que não retornaram depois da pandemia”.

O vereador Pablo Pacheco criticou o Poder Executivo Municipal por não ter realizado, ainda, a licitação do transporte coletivo municipal. O parlamentar relatou que, nessa questão, a prefeitura está no caminho errado e que é preciso um voto de protesto. “Eu não vou votar favorável ao sistema falido”. Disse que o valor desse subsídio será para a cobertura até dezembro deste ano e que, no próximo ano, será concedida a concessão de subsídio tarifário novamente. E disse que a lei em debate “fere os cinco princípios da administração pública”.

O líder do governo municipal, Alexandre Pinzon Vargas, argumentou que se a matéria não for aprovada, quem vai pagar a conta é a população. “Não adianta: com licitação ou sem licitação vai ter que ter dinheiro público”.  Após os debates, a matéria foi aprovada por 16 votos a três. Dos parlamentares presentes, os vereadores Pablo Pacheco, Paulo Ricardo Siqueira Pedroso e Roberta Leitão votaram contra a aprovação da proposição.

PROJETO DE LEI Nº 9638/2023 - Institui a Semana Municipal do Skate no Município de Santa Maria e dá outras providências. Autoria: Paulo Ricardo Siqueira Pedroso. O proponente da matéria declarou que o esporte amador, em Santa Maria, muitas vezes, é feito “por pessoas abnegadas”. O parlamentar fez um breve histórico sobre a modalidade e afirmou que o Skate é um dos esportes mais praticados no mundo. E, no Brasil, é o segundo esporte mais praticado, ficando atrás apenas do Futebol, mas que ainda “carece de apoio e reconhecimentos de todos”. O edil disse que o objetivo do projeto é que uma semana alusiva ao Skate possa contribuir para que o esporte tenha mais investimentos no município.

PROJETO DE LEI Nº 9702/2023 - Dispõe sobre a reserva de espaço para mulheres e crianças no transporte coletivo público no município de Santa Maria e dá outras providências. Autoria: Tony Oliveira. O autor da matéria argumenta que, ao designar áreas especificas para esses grupos, o sistema de transporte coletivo público vai gerar mais segurança para mulheres e crianças. “Isso é crucial para encorajar a mobilidade desses grupos”.

PROJETO DE RESOLUÇÃO LEGISLATIVA Nº 18/2023 - Estabelece a data da última Sessão Plenária Ordinária da Sessão Legislativa do ano de 2023. A proposição determina que a última sessão do ano legislativo aconteça na data de 21 de dezembro. Autoria: Mesa Diretora.

ADIAMENTO DE VOTAÇÃO

A  votação da MOÇÃO DE CONGRATULAÇÃO Nº 63/2023, de autoria do vereador Givago Ribeiro, que requer o envio de Moção de Congratulação para a Felipe Mendes, mais conhecido como Palhaço Katupiry, pelo brilhante trabalho desenvolvido no município de Santa Maria foi adiada por solicitação do proponente da matéria. 

REGIME DE URGÊNCIA APROVADO

REQUERIMENTO DE URGÊNCIA Nº 25/2023 AO PROJETO DE LEI SUBSTITUTIVO Nº 27/2023 AO PROJETO DE LEI Nº 9716/2023 - Requer Regime de Urgência na tramitação do Projeto de Lei Substitutivo nº 27/2023. Autoria: Danclar Jesus Rossato.

SOLICITAÇÃO DE VISTAS

O vereador Juliano Soares solicitou vistas a duas proposições: PROJETO DE LEI Nº 9667/2023 - Fica concedida a remissão de débitos de taxas municipais cobrados das empresas durante o período de calamidade pública da pandemia da Covid-19 no município de Santa Maria e dá outras providências, de autoria do vereador  Tubias Callil, e  PROJETO DE LEI Nº 9711/2023 - Incluí o "Dia Olímpico de Santa Maria" no calendário oficial do município e dá outras providências, de autoria do vereador Givago Ribeiro.

PRIMEIRA DISCUSSÃO

PROJETO DE LEI Nº 9705/2023 - Altera a redação do artigo2º da Lei Municipal nº. 6478, de 2 de julho de 2020, que institui no âmbito do Município de Santa Maria a meia-entrada para o acesso de pessoas com deficiência e acompanhantes, quando necessário, em eventos artísticos, culturais, cinematográficos, teatrais, circenses, musicais, de lazer e esportivos e dá outras providências. Autoria: Admar Pozzobom.

PROJETO DE LEI Nº 9647/2023 - Visa conceder às gestantes vítimas de abuso sexual a equiparação às gestantes de risco para fins de realização de ultrassonografias durante o período gestacional. Autoria: Roberta Leitão.

EMENDA MODIFICATIVA Nº 1/2023 AO PROJETO DE LEI Nº 9647/2023, que altera a redação do artigo 2º do Projeto de Lei nº 9647/2023, que passa a vigorar com a seguinte redação. Autoria: Tubias Callil. 

EXPEDIENTE NOBRE

Homenagem à Revista Interativa pelos seus 22 anos de atuação em Santa Maria. O orador e proponente, vereador Alexandre Pinzon Vargas, declarou que a Revista Interativa, desde o seu início, se diferenciou de outras revistas. O parlamentar destacou a qualidade das pautas abordadas pelo veículo e a credibilidades do periódico. “Com muita credibilidade, uma vez que sempre procurou apresentar aos leitores mais exigentes um produto de alta qualidade”.

Já a proprietária do veículo, Silvana Maldaner, disse que os empresários, atualmente, precisam ter resiliência e resistência para seguir trabalhando. “Não é fácil manter uma empresa há 22 anos. Ainda mais de comunicação”. Salientou também que as pautas da Revista Interativa sempre procuraram trazer temas positivos.

TRIBUNA LIVRE

Entidade: Associação de Moradores do Residencial Dom Ivo Lorscheister. Assunto: Cultura da Comunidade Africanista. O primeiro orador, Michael Roberto Borges, disse que as religiões de matriz africana propagam o bem. “A nossa cultura esta no dia a dia. Ela foi a construção desse estado”. Pediu aos vereadores que, como está na Constituição Federal, amparem a liberdade religiosa. Já Ricardo Patrezzi mencionou o caráter da comunidade de religiões de matriz africana. “Nós somos pessoas do bem, pessoas dignas e pessoas corretas, dentro e fora das nossas casas. Disse também que Deus não é propriedade de ninguém. Salientou que as religiões de matriz africana incluem todos os segmentos da sociedade. Relatou que, ao invés de intolerância, todas religiões deveriam estar unidas, lutando por um mundo melhor. Por fim, Thomaz Almeida salienta que não ocuparam o espaço Tribuna Livre para atacar nenhuma pessoa e nem fazer política partidária.  Pontuou que a cultura africada está na comida, na música e em outros segmentos da sociedade brasileira. Argumentou que Deus é único, se manifesta nas mais diversas religiões e é amor. “Amor independente de religião. Amor, independente de qualquer coisa”.

Texto: Mateus Azevedo

Foto: Luã Santos


Dúvidas, reclamação ou sugestão?

Entre em contato!
Ajude a Melhorar Nossos Serviços Ajude a Melhorar Nossos Serviços